Google Ads: 5 afirmações que te fazem perder dinheiro

Google Ads: 5 afirmações que te fazem perder dinheiro

Por Luiza Matos

especialista em Design

Publicado em 30 de Agosto de 2021 às 20:26 | Atualizado em 30 de Agosto de 2021 ás 20:41

Prefere conferir esse conteúdo em vídeo?

Sempre que vamos começar um novo tipo de investimento ou projeto, é muito comum pesquisarmos sobre esse assunto online. Muitas vezes, é através das dicas que encontramos na web que aprendemos sobre determinado assunto e não seria diferente com quem busca utilizar o Google Ads.

Contudo, se esse é o seu caso, você deve ficar atento com os conteúdo que anda consumindo. Infelizmente, não é difícil achar afirmações a respeito do Google Ads que não funcionam na prática e que podem te levar a perder dinheiro.

Para evitar que você saia no prejuízo ou que deixe de alcançar os resultados esperados, nós separamos cinco afirmações sobre o Google Ads, que você pode encontrar na internet, que podem não funcionar tão bem assim como o prometido.

1. Quanto mais eu pagar por clique, melhores serão meus resultados.

Essa é uma declaração bastante comum de se encontrar na internet. Muitos afirmam que ao aumentar seu lance por clique, você irá aparecer em posições mais privilegiadas na rede de pesquisa do Google e a partir desse momento, melhorar seus resultados. Essa é uma informação bastante subjetiva, uma vez que não leva em consideração o contexto em que a empresa anunciante se encontra.

Imagine que você tenha um orçamento alto dentro do Google Ads e observa que no final do dia você não está gastando todo aquele orçamento. Nesse momento, você busca um relatório e percebe que sua taxa de participação nos leilões é baixa. Nesse tipo de situação sim, faz sentido aumentar o valor que você paga por clique. Você muito provavelmente não está aparecendo em muitos leilões ou os usuários não chegam nem a visualizar seu anúncio, porque o valor que você está dispondo para pagar pelo clique é muito baixo.

Agora imagine a situação contrária, você investe dez reais por dia, sua área gera muito tráfego e você paga R$0,50 de CPC (Custo por Clique). Ao investir esses R$10,00 por dia, você estará gerando 20 cliques dentro dos seus anúncios. Se sua taxa de conversão é de 10%, com 20 cliques, você estará gerando dois contatos por dia.

Ao aplicar uma técnica como essa proposta, de aumentar seu investimento por clique, colocando, por exemplo, R$1,00 ao invés de R$0,50, se você continuar com o mesmo investimento diário de apenas R$10,00, você estará gerando apenas 10 cliques, ao invés de 20.

É por essa razão, que é possível afirmar que nem sempre aumentar o valor investido por clique pode ser uma boa opção.

2. Os resultados melhoram ao automatizar os lances

Dentro do Google ADS é possível optar entre o CPC manual, onde você mesmo indica qual vai ser a quantia que irá pagar por clique, ou o CPA (Custo por Aquisição), onde o próprio Google irá dar o lance do custo por clique por você.

Esse é um outro caso que deve ser analisado individualmente. Afirmar que suas conversões melhoraram automatizando seus lances é uma atitude irresponsável, nem todos os anúncios funcionam da mesma forma. A melhor atitude a se tomar nesse tipo de situação é testar ambos os recursos e identificar o que melhor se adequa às necessidades da sua empresa.

3. Você irá perder dinheiro se deixar ativo os parceiros de pesquisa

É muito comum encontrar vídeos no Youtube e posts em blogs, afirmando que você irá perder dinheiro e relevância se deixar os parceiros de pesquisa ativos.

Novamente, assim como nos outros casos, é uma questão de testar as alternativas que temos. Deixar os parceiros de pesquisa ativos pode funcionar para algumas pessoas, assim como pode não funcionar para outras. Você apenas deve mudar de estratégia se ao consultar os relatórios na guia Segmentar, você observar que não está havendo conversão através da rede de parceiros Google, caso contrário, não há motivos para alterações.

4. Insira diversas palavras-chave ao iniciar uma campanha

Inserir várias palavras-chave ao criar uma campanha para descobrir quais geram conversão e quais não geram, pode parecer uma ótima ideia, mas na prática só funciona para aqueles que têm um orçamento alto para investir.

Caso não seja esse o seu caso e você não tenha um orçamento exorbitante para investir em campanhas do Google Ads, o melhor a se fazer é, através de um planejamento, entender quais são as palavras-chave que irão gerar um bom resultado para o seu negócio. Fazer a checagem das palavras-chave de suas campanhas é um exercício que deve ser mantido diariamente para surtir efeito.

5. Os termos irrelevantes devem ser negativados apenas depois de alguns dias com a campanha no ar

Assim como comentamos no artigo sobre 4 dicas que garantem tráfego relevante no Google Ads, as palavras irrelevantes devem ser negativadas antes mesmo de colocar uma campanha no ar. No momento em que você estiver criando sua campanha, é importante pensar quais são as palavras-chave que irão gerar tráfego irrelevante no seu site, ou seja, analisar quais são os termos que não irão gerar conversão.

Vale ressaltar, que diariamente você deve conferir novos termos que possam ser negativados. Dificilmente logo no começo você saberá quais serão todas as palavras necessárias para ser negativadas, mas ainda sim é possível prever algumas mais comuns.

Quer aprender mais sobre o assunto na prática? Confira o curso de Google Ads do básico ao avançado, que a Mazukim preparou.

Este conteúdo fez sentido para você? Então deixe seu comentário logo abaixo ou em nossas redes sociais:

Siga o Instagram da Mazukim

Curta nossa página no Facebook

Conecte-se com nosso Linkedin

Siga o Tiktok da Mazukim

Inscreva-se no nosso canal do Youtube

Consuma Mais Conteúdo de Marketing Digital


Minha Loja Virtual Não Vende. O Quê Devo Fazer?

Coronavírus: Como o Coronavírus pode Influenciar o Marketing do Meu Negócio?

Correspondência de Palavra Chave no Google: Entenda Como Funciona e Sua Importância!

Quer ter o mesmo resultado que o nosso blog?
Comece a criar conteúdo com a Mazukim Agora!

Quero Fazer uma Avaliação!